Busca por palavras

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Alerta sobre os abaixo-assinados contra o PL122/2006

Tenho recebido muitos e-mails de cristãos bem intencionados repassando links de abaixo-assinados contra o PL122/2006. Não vou entrar em detalhes sobre o porquê de ser contra tal projeto de lei, até porque o assunto tem sido por demais discutido inclusive com textos ótimos de escritores como Ciro Zibordi, Augustus Nicodemus, entre outros. Minha intenção é alertar os autores desses abaixo- assinados de que a menos que nossas intenções sejam plenamente detalhadas nesses abaixo-assinados, não conseguiremos convencer a ninguém de que o tal projeto de lei está errado. Alguém pode estar se perguntando em que o texto desses abaixo-assinados está errado, bem, vou listar abaixo minhas considerações:

1 – Vivemos numa democracia e o Brasil é uma nação laica, logo não adianta mostrar trechos bíblicos para convencer o congresso. Devemos usar a constituição primordialmente, pois o congresso não é totalmente cristão e é em função da constituição que ele existe. A Bíblia pode ser usada como fomento de nossas afirmações, mas não é afirmando que “a Bíblia diz” que eles serão convencidos.

2 – Não adianta apenas dizer: "Não sou contra os homossexuais, mas contra o homossexualismo". Isso pega mal e até certo ponto é um paradoxo. Se você é contra o aborto, é contra quem prática aborto; se é contra a corrupção, é contra os corruptos; se é contra a prática homossexual, é contra os homossexuais. O grande problema é entender o que significa ser “contra” a prática homossexual. Devemos mostrar que nossa opinião é baseada em nossa fé em Cristo, que também ensina que devemos amar até mesmo nossos inimigos, quanto mais um pecador que não nos ofende diretamente com seus pecados.

3 – O texto de um abaixo-assinado deve explicar o motivo de nossa opinião contrária ao objeto do protesto, no caso, o PL122/2006. Sejamos explicativos. Mostremos que o projeto de lei agride a constituição no que tange às liberdades de expressão e religiosa, que não é pondo uma mordaça nas pessoas que nosso país será mais justo e democrático. Tenho visto textos nos cabeçalhos desses abaixo-assinados que não dizem nada a não ser: “Sou contra o PL122, sou contra o homossexualismo, não contra os homossexuais”. Isso é insuficiente pra convencer um ativista pró lei da homofobia.

4 – Texto de abaixo-assinado não combina com a destruição da Língua Portuguesa. Revise seu texto, veja se há concordância, se está usando bem o plural, se a grafia está correta, seu texto precisa estar perfeito pra ser respeitado.

Talvez exista algum problema que não tenha percebido, mas se observarmos esses aspectos, seremos mais respeitados pelo congresso e pelos que discordam de nós. Se estamos discutindo esse assunto tão importante, devemos ser claros e objetivos pra sermos compreendidos.

Cordialmente,

Clébio Lima de Freitas
Postar um comentário

Talvez você goste também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...