Busca por palavras

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Como vencer as tentações:

Analisando o público que acessa esse blog, posso dizer com certeza que grande parcela do mesmo é formada por jovens como eu. Isso implica em uma responsabilidade muito maior em escrever, pois a maioria dos jovens ainda não tem uma opinião última para muitos assuntos complicados concernentes às Escrituras. Pensando nisso resolvi falar de um assunto mais trivial e que certamente interessará a muitos jovens, “Como vencer as tentações”!

Introdução:

Quando se fala em tentação deve ficar bem claro que só é tentado quem tem compromisso a não fazer algo por alguma razão. No nosso caso, somos tentados a pecar e nos esforçamos para não fazê-lo, pois sabemos que o pecado é rebelião contra o nosso Deus e certamente seremos separados de sua comunhão se nos entregarmos a ele deliberadamente (Is 59.1,2). A tentação pode ser proveniente tanto de nós mesmos (Tg 1.13-15) como do Diabo (Lc 22.31) e não sobrevém a nós acima do que possamos suportar (1 Co 10.13), neste versículo vemos também que Deus não nos pode tentar, porém ele pode permitir tal coisa, mas ao mesmo tempo nos dá o escape, pois ele conhece nossa estrutura e lembra que somos pó (Sl 103.14). Bom, agora sabemos o que é tentação, quem nos tenta e porque somos tentados, mas fica uma pergunta: “Como vencer as tentações?!”. A Bíblia, sendo um livro perfeito no que diz respeito ao conhecimento necessário à nossa salvação, nos revela como podemos realizar essa façanha.

1 – Tendo compromisso com Deus :

“E aconteceu que, falando ela cada dia a José, e não lhe dando ele ouvidos, para deitar-se com ela, e estar com ela, Sucedeu num certo dia que ele veio à casa para fazer seu serviço; e nenhum dos da casa estava ali; E ela lhe pegou pela sua roupa, dizendo: Deita-te comigo. E ele deixou a sua roupa na mão dela, e fugiu, e saiu para fora.” (Gn 39.10-12).

Neste trecho das Escrituras vemos o compromisso de um jovem com Deus, seu nome era José, Filho de Jacó. Ao ser tentado a deitar-se com a mulher de seu senhor ele fugiu, isso porque tinha compromisso, não com seus desejos íntimos e carnais, mas com o seu Deus que é santo e quer que sejamos santos como ele é (1 Pe 1.15,16).Que nós venhamos a fugir do pecado quando ele bater a nossa porta com seus apelos, muitas vezes irresistíveis. Não nos esqueçamos que com a tentação virá também o escape (1 Co 10.13)! Outros versículos que nos ensinam a fugir do pecado são estes: 1 Co 6.18; 10.14; 1 Tm 6.11.

2 – Resistindo o Diabo:

“Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” (Tg 4.7).

Se por um lado, como já disse, somos tentados por nossa próprias paixões, outro agente é Satanás, porém, se a Bíblia nos adverte a fugirmos do pecado, por outro lado, ela nos manda resistirmos ao Diabo! Para isso precisaremos conhecer a Palavra de Deus que nos ajudará a resití-lo (Mt 4.4,7,10), nestes versículos vemos que Jesus, no deserto, venceu a tentação dizendo: “Está escrito!”.

3 – Vigiando e orando:

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.” (Mt 26.41).

Não há outro meio de vencê-lo, se no s falta forças, oremos, cantemos ao Senhor, façamos a sua obra e meditemos na sua Palavra, pois fazendo assim estaremos ocupando a nossa vida com aquilo que edifica (Gl 3.2; Fp 4.8), muitas vezes caímos no engodo de Satanás porque ocupamos a nossa mente com aquilo que não edifica, porém, é orando e vigiando que estaremos alerta para não cairmos nas ciladas preparadas para nós.

4 – Andando no Espírito:

“Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.” (Gl 5.16).

O Espírito Santo de Deus tem um papel importantíssimo no nosso viver diário. Ele habita em nosso corpo, o que nos faz entender que ele não se importa somente com o nosso coração, no sentido bíblico da palavra, mas com a totalidade do nosso ser, espírito, alma e corpo (1 Ts 5.23). O Espírito Santo nos transmite a sua santidade no sentido prático, essa santificação ocorre em nós paulatinamente e nos leva dia-a-diaem direção à santidade de Cristo que um dia nós alcançaremos (1 Ts 3.2), por isso andemos na direção do Espírito e ele nos capacitará a vencermos as tentações!

Conclusão:

Quero finalizar com um trecho muito edificante das escrituras: “Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos” (2 Pe 2.9). Jesus nos promete livrar-nos do dia da tentação que há de vir para tentar os que habitam na terra (Ap 3.10), portanto, se está difícil resistir a tudo isso, tenhamos esperança em Deus que um dianos levará para estarmos para sempre com Ele e este corpo corruptível já terá sido mudado num corpo incorruptível de glória no céu onde as aflições terão seu fim, se sofremos por Cristo ele nos recompensará (1 Pe 4.12-19)!
Por Clébio Lima de Freitas.
Postar um comentário

Talvez você goste também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...