Busca por palavras

sábado, 12 de setembro de 2009

Qual o verdadeiro sentido de Cantares de Salomão?


A Paz do Senhor Jesus a todos vocês! Após um bom tempo sem postar, trago mais uma resposta para o quadro Você Pergunta, A Bíblia Responde. O irmão Kelson fez esta pergunta através do Orkut.

Não é fácil responder esta pergunta porque ela vem quase sempre de uma grande confusão na mente de quem pergunta provocada por opiniões divergentes de líderes muitas vezes respeitados e influentes. Quero deixar bem claro que não é errado haver divergência de opiniões de líderes evangélicos sobre temas secundários, isso muitas vezes é sadio, afinal, nós temos liberdade para pensar e dar nossa opinião; isto foi conquistado pela reforma e não nos pode ser tirado.

Historicamente o livro em apreço sempre foi interpretado de uma forma espiritual e elegórica. Os comentaristas geralmente falam deste livro como sendo a revelação do amor de Deus para com Israel e consequentemente do amor de Jesus pela Igreja. Muitos versículos são usados para defender esta interpretação: (Ez 16; Ef 5.25; Ap 22.17) entre outros ¹. Na verdade, não podemos desprezar a verdade de que o amor de Cristo pela igreja foi simbolizado pelo amor que o marido deve ter por sua esposa (Ef 5.25), de que da mesma forma o amor de Jeová por Israel foi simbolizado (Ez 16), e de que nós somos a noiva de Cristo (Ap 22.17). Porém no Novo Testamento não há qualquer referência ao livro de Cantares para justificar esta interpretação, apesar de entender que ela é válida desde que o propósito principal do livro não seja desprezado.

O propósito do livro de Cantares de Salomão:

Segundo Donald Stamps, comentarista da Bíblia de estudo Pentecostal, o tema do livro de Cantares é o amor conjugal. Ele foi escrito aproximadamente em 960 a.C. por Salomão. O título pode ser traduzido literalmente por “Cântico dos Cânticos” que significa o Maior Cântico. Esse livro faz parte dos livros considerados “Escritos Sagrados” dos judeus e era lido sempre na festa da Páscoa. Abaixo segue parte do comentário de Donald Stamps:

“Este livro foi inspirado pelo Espírito Santo e inserido nas Escrituras para ressaltar a origem divina da alegria e dignidade do amor humano no casamento. O livro de Gênesis revela que a sexualidade humana e o casamento já existiam antes da queda de Adão e Eva no pecado (Gn 2.18-25). Embora o pecado tenha maculado essa área importante da experiência humana, Deus quer que saibamos que a dita área da vida pode ser pura, sadia e nobre [...] ².”

O Pastor Elinaldo Renovato também afirma:

A ordem de crescer e multiplicar não foi dada a solteiros, mas a casados. Gn 1.27,28. - Deus não quis que o homem vivesse só. Gn 2.18,24; Sl 68.6;113.9. - Deus exorta o homem a desfrutar o sexo com a esposa e não com a namorada ou a noiva; Em Cantares de Salomão, tem-se a exaltação do amor conjugal e não entre solteiros. Ct 4.1-12; Ef 5.22-25. ³

O que podemos ver atualmente é o desprezo por este livro em sua mensagem central que é ressaltar sobre a atividade sexual em sua forma lícita de prática. Logo, este livro pode ser utilizado para falar mais abertamente sobre o que é lícito ou não em relação ao sexo, pois suas revelações nesta área são muitas, apesar da difícil assimilação por causa dos símbolos utilizados no livro. Por exemplo, o “jardim fechado” citado no cap. 4 e v. 12 é visto como uma referência à virgindade da noiva, podendo ser usada para defender a pureza sexual de nossos jovens antes do casamento. São muitas as contribuições deste livro para a igreja e o apelo é para que olhemos para ele com mais cuidado e para que aproveitemos tudo o que nos pode oferecer, afinal, “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça,” (2 Tm 3.16).

Referências:

[1] Manoel Antônio de Andrade Barbosa. Cântico Dos Cânticos (comentário Geral). Acessado em 10 de setembro de 2009. Endereço em: <http://www.netsaber.com.br/resumos/ver_resumo_c_688.html>.

[2] Donald C. Stamps. Bíblia de Estudo Pentecostal. Introdução ao livro de Cantares de Salomão.

[3] Pr. Elinaldo Renovato de Lima. A Importância da Sexualidade no Casamento. Acessado em 10 de setembro de 2009. Endereço em: < http://www.iadgpuava.com.br/estudos/familia/1.htm>.

8 comentários:

Adoradora de Cristo disse...

Obrigada por compartilhares esse pensamento comigo e com as demais pessoas. A verdade é que existe uma grande polémica à volta deste assunto: "Livro de Cantares". Concordo completamente nas palavras que mencionas-te. A verdade é que este livro lido sem a revelação do Espirito Santo poderá tornar-se num livro erotico, no entanto tal como foi referido, o intuito é revelar o amor do homem pela mulher e consequentemente o amor de Cristo pela Igreja.

o meu blog:
http://retratobelezafeminina.blogspot.com/

Que Deus abençoe

Diego Batista disse...

Parabens pelo Blog.. já estou seguindo!

Diego Batista
http://conversandocomiave.blogspot.com/

Aurelio MC Gomes disse...

Desejo a você um feliz natal e um prospero ano novo.
Que neste ano que está chegando, você e sua família sejam grandemente abençoados.

ESTOU SEGUINDO O SEU BLOG.
Conto com você. Seja um seguidor, deixe seu COMENTARIO. Sei que posso contar com seu apoio!
E SE VOCÊ JÁ É UM SEGUIDOR DESCULPE O INCOMODO MUITO OBRIGADO PELO CARINHO

Link: http://aureliomcgomes.blogspot.com/

ESTOU SEGUINDO O SEU BLOG.

Que Deus te abençoe.

Seja bem vindo ao "Blog Eu Sou o Mensageiro!", volte sempre que quiser.
Espero te receber lá mais vezes

Amo ler seus comentários e responde-los

http://aureliomcgomes.blogspot.com/

Fique na paz do Senhor
Será um prazer ler seus comentários,
Faça um Blogueiro mais feliz, COMENTE!

Pastor Júlio Fonseca disse...

Muito boa a sua idéia de responder perguntas tendo a bíblia como divisor de águas, de um lado a ignorância do outro o total conhecimento do senhor. Parabéns, embora tenha um site a bastante tempo o idagospel, também fui levado a criar um site só para responder as perguntas que me eram enviadas o perguntepastor.blogspot.com, parabéns pelas respostas centradas, e acima de tudo ungidas. Deus seja contigo!

Anônimo disse...

Paz do Senhor!!
Sobre a ausencia de referencia ao livro se cantares no n.t
Apocalipse 21:2 E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.
Apocalipse 21:9 ¶ E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a esposa, a mulher do Cordeiro.
Apocalipse 22:17 E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
Paulo fala da historia de israel como alegoria para nós gentios também.
O fato de um livro do a.t não se citado no n.t serve de argumento ara sua interpertação apenas de modo literário?
aprendo muito com suas postagens e desejo que nosso Deus continue te abençoando muito!!

Anônimo disse...

Gostei, é verdade sim que este livro é para representar a noiva de Cristo como um exemplo para os maridos como o amor de Deus para com Israel.

Luis Lucena de Macedo Neto disse...

Clebio Lima de Freitas, comenta que, no novo testa
mento não há nenhuma referencia quanto ao livro de cantares; pois já que esse livro expressa ou seja, revela uma relação de amor entre Jesus e a sua igreja, vou dá o exemplo do cap 24 vesrso 32 e 33 Ev de Mateus sobre a parabola da figueira, em cantares cap 2 verso 13 fala que a figueira começou á dá seu figuinhos, ou seja cumprimento da profecia á qual se fala em Mateus Israel a figueira já brotou e está dando seus figuinhos e as vides em flor exalam seu aroma, falam da igreja com as vidas dando frutos e exalando o perfume de cristo. Luis Macedo Brasilia DF, macedo1906@gmail.com

Clébio Lima de Freitas disse...

A "figueira dar os seus frutos" podia ser uma expressão que fizesse muito sentido para os judeus, é uma expressão que significa "já é chegado o tempo", como o próprio versículo registra posteriormente. Não é necessariamente uma referência ao Novo Testamento, até porque ele ainda nem havia sido escrito. Os textos não estão necessariamente no mesmo contexto, e de fato, muito provavelmente não estão. Devemos ter em mente que o casamento tem relação com o relacionamento entre o cristão e Deus, já que Cristo é a cabeça e nós o corpo e o homem é a cabeça da mulher, assim também o homem deve estar pronto a morrer pela sua esposa assim como Cristo morreu pela igreja. Não obstante não podemos desprezar o poder do livro de Cantares de louvar o amor entre os casais, podendo ser um bom fomentador do amor conjugal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...